23 Julho 2019-02:07. S. J. do Rio Preto-SP

Fone: (17) 3211.2550

País terá só 1/3 do etanol que precisa em 2012

Produção de etanol hidratado não passará de 11 bilhões de litros, para um mercado de 30 bilhões de litros, afirma presidente da Unica
Diário da Região

18/09/2012 16:09
País terá só 1/3 do etanol que precisa em 2012

O presidente da Unica, Antonio de Pádua Rodrigues, afirmou ontem que, neste ano, a produção de etanol hidratado não passará de 11 bilhões de litros, para um mercado de 30 bilhões de litros. "Menos de um terço desse mercado está sendo ofertado", disse em palestra a Rio Oil & Gas. Rodrigues lembrou que o setor perdeu competitividade com falta de investimentos, envelhecimento do canavial e por entraves tributários e logísticos.

O presidente da Unica defendeu que o governo aplique ao etanol os mesmos subsídios oferecidos à gasolina, de forma a melhorar a competitividade do biocombustível. A gasolina teve recentemente a Cide zerada. Segundo ele, o etanol hidratado ganharia R$ 0,30 de vantagem competitiva caso houvesse isonomia. O aumento do preço da gasolina não é a melhor saída, defendeu. "Que também haja uma política semelhante para o etanol", disse.

Rodrigues também defendeu a previsibilidade do mercado de forma a viabilizar investimentos. Ele afirmou haver discussões no governo para estabelecer um prazo até 30 de setembro de cada ano para o estabelecimento do percentual de mistura de etanol à gasolina. Em sua apresentação, a simulação previa um percentual de 25% a 30% para 2020.

Desoneração

O secretário de Petróleo e Gás do Ministério de Minas e Energia (MME), Marco Antonio Martins Almeida, afirmou nesta segunda-feira que o governo estuda a desoneração de PIS/Cofins do etanol. "Recebemos a solicitação (por parte do setor). É um dos pontos estudados, não há uma posição", disse ele a jornalistas na Rio Oil & Gas.

De acordo com o secretário, um conjunto de medidas está sendo estudado para estimular o mercado de etanol. Além de estímulos fiscais, outra medida é a previsibilidade do mercado, com o estabelecimento do percentual de etanol anidro misturado à gasolina.

"A previsibilidade é fundamental", disse. Almeida afirmou que o percentual (hoje em 20%) para o ano que vem deve ser adiantado ao mercado. Ele não deu uma data mas disse ser possível que o anúncio ocorra dentro de semanas ou ser provável até o fim do ano.

O presidente interino da Unica, Antonio de Padua Rodrigues, também presente no evento, calcula em R$ 0,07 por litro de etanol o efeito da possível desoneração. Hoje, PIS e Cofins somam R$ 0,12/litro, mas apenas a parte destinada às distribuidoras (60%) poderia ser reduzida.

Também é discutida desoneração de ICMS, mas Almeida considera menos provável esta solução, já que dependeria de um acordo entre Estados produtores e consumidores. "Alguma desoneração pode ser boa, toda, não", disse o secretário.

Mistura

O presidente da consultoria Datagro, Plínio Nastari, defendeu ontem que o governo anuncie desde já a retomada do porcentual da mistura de etanol na gasolina de 20% para 25%, mesmo que a medida seja implementada apenas no ano que vem. Segundo ele, a antecipação seria importante para que o setor possa planejar sua produção e teria efeitos também para a redução do consumo de gasolina, cuja complementação à produção nacional vem de exportações.

"O retorno (para 25%) traria como efeito importante a redução das importações de gasolina", disse ele, que presta consultoria a bancos investidores no setor, em palestra na Rio Oil & Gas. Nastari lembra que o Brasil é primeiro produtor de cana de açúcar (32%) e de açúcar (23%) do mundo e segundo maior produtor de etanol. O especialista acrescenta que o setor está em fase de adaptação e sofre efeito de uma alta de custos referente a novos padrões de produção.




Últimas notícias

Postado: 13/07/2019 07:07 por Henrique Fernandes
Sindalquim encerra primeira fase de procurações da ação das horas in itinere da Usina Téreos

Na segunda-feira, dia 15, o Sindalquim já começa a recolher novas procurações de quem ainda não entregouLeia Mais

Postado: 06/07/2019 19:07 por Henrique Fernandes
Sindalquim ganha processo para beneficiar trabalhadores do Barracão de Açúcar da Coplasa

Outros processos estão tramitando na Justiça e em breve terão suas decisõesLeia Mais

Postado: 26/06/2019 14:06 por Henrique Fernandes
Diretoria do Sindalquim toma posse para mandato até 2024

Cerimônia de posse foi realizada nesta terça, na sede da entidade, em Rio PretoLeia Mais

Postado: 01/06/2019 11:06 por Henrique Fernandes
Sindalquim fecha acordo com todas as empresas do setor sucroalcooleiro

Entidade encerrou as assembleias e negociações nesta semana. Verba indenizatória (horas in itinere) é mantidaLeia Mais

Postado: 20/05/2019 16:05 por Henrique Fernandes
Sindalquim ganha processo de quase R$ 2 milhões. Veja se você está na lista

Processo é referente a verba de horas in itinire para funcionários da Usina Tereos, de TanabiLeia Mais

Postado: 30/04/2019 21:04 por Henrique Fernandes
Sindalquim faz assembleias em usinas de Orindiúva, Sebastianópolis e Meridiano, nesta semana

Presidente parabeniza os trabalhadores pelo dia 1º de Maio e relembra como iniciaram as lutas, em 1886, em Chicago, nos Estados Unidos, quando milhares de trabalhadores foram às ruas reivindicar melhores condiçõesLeia Mais

Postado: 12/04/2019 08:04 por Fequimfar
Químicos assinam convenção coletiva dos farmacêuticos

Reajuste salarial será de 100% do INPC (4,67%), que incide também sobre os atuais pisos salariais e na PLRLeia Mais

Postado: 27/03/2019 17:03 por Henrique Fernandes
Sindalquim entrega pauta do etanol para o setor patronal

Primeira mesa redonda será no dia 10 de abril, na sede do Sindalquim, às 14 horasLeia Mais

Cadastre seu email abaixo e receba mais informações:

Você gostou do novo site?

Sim
Não
Sem opção



  

CNTQ


  

Fequimfar


  

Udop


  

Unica

 
 Av. América, 364 Vila Diniz - CEP:15.013-310  São José Rio Preto-SPFone: (17) 3211.2550 Desenvolvido por Cdznet