23 Março 2019-07:03. S. J. do Rio Preto-SP

Fone: (17) 3211.2550

Sindalquim fecha acordo coletivo do álcool/etanol

Trabalhadores podem comemorar a manutenção de grande parte do que era pago das extintas horas “in itinere”
Henrique Fernandes

31/05/2018 21:05
Sindalquim fecha acordo coletivo do álcool/etanol
A direção do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Fabricação de Álcool, Químicas e Farmacêuticas de Rio Preto e Região (Sindalquim) fechou nos últimos dias o acordo coletivo do álcool/etanol 2018/2019. A entidade fechou com todas as empresas da base. Em época de crise profunda no país, o Sindalquim lutou ao lado dos trabalhadores e conseguiu manter um dos benefícios que o setor patronal queria retirar, as horas “in itinere”, que acabaram no ano passado com a aprovação da nova reforma trabalhista. “Foi com muita luta e com os trabalhadores ao nosso lado. Só assim para conseguir fechar esse acordo”, afirmou o presidente do Sindalquim, João Pedro Filho. A data base da categoria é 1º de maio. Das 15 unidades com acordos fechados, sete são sem paradigma. 

Nas três unidades do Grupo Colombo o acordo foi fechado  com reajuste linear de 1.69% no salário, 3.75% no ticket alimentação e 91.8%  do valor das horas “in itinere” que era recebido, que agora são chamadas de verba indenizatória.  Na Usina Nardini, o reajuste salarial foi  de 2%, no ticket alimentação foi 4.56% e a empresa se comprometeu em pagar 84% das horas “in itinere”.

As duas unidades do Grupo Tietê terão reajuste salarial linear de 1.69%, 2% de aumento no ticket alimentação e 80% do valor que era recebido das horas “in itinere”. Nas unidades do Grupo Cofco o reajuste salarial no piso e no ticket será 2% e nos demais salários de 1.69%. A empresa acordou pagar 82% do valor que pago das horas “in itinere”.

Já na Usina Malosso o reajustes salarial será linear de 1.69%, e no ticket alimentação de 4.56%. A empresa pagará aos seus trabalhadores 30 horas no mês de hora extra, com acréscimo de 80%. E na Moema Bunge, o reajuste será de 1.69% no salário, e de 3.75% no ticket alimentação. A empresa pagará 100% do valor que era pago das horas “in itinere”.

Na Usina Guarani, o reajuste no piso salarial e no ticket alimentação será de 2% e nos demais salários de 1.69%.A empresa pagará 80% do que era pago de horas “in itinere”. Na Alcoeste o reajuste salarial será de 1,69% e a empresa pagará também 100 % do que era pago das horas “in itinere”.

E na Usina Itajobi, o reajuste será linear de 1.69%. A empresa aumentará 4,6 % no ticket alimentação e vai manter o valor pago das horas “in itinere” até 31 de dezembro deste ano. E para fechar com todas empresas, os trabalhadores das unidades do Grupo Moreno terão um reajuste linear de 1.69% e no ticket alimentação de 9.56%. O Grupo pagará 80 % do valor que era pago das horas “in itinere”, com acréscimo de 85%.

O presidente do Sindalquim falou sobre a negociação deste ano. “O Sindalquim em nome da sua diretoria agradece aos companheiros da Federação pelo apoio e a todos os sindicatos filiados pela troca de informação e o apoio em geral.  Essa foi a campanha mais difícil dos últimos 20 anos”, afirmou João Pedro.




Últimas notícias

Postado: 22/03/2019 11:03 por Henrique Fernandes
Sindalquim participa de eventos contra a Reforma da Previdência

Na região, o Sindalquim fez grande assembleia em usina próxima de CatanduvaLeia Mais

Postado: 20/03/2019 14:03 por Henrique Fernandes
Sindalquim marca data para entrega da pauta ao setor patronal do etanol

Mesa redonda será no dia 27 deste mês, às 9 horas, na Delegacia do Trabalho, em MirassolLeia Mais

Postado: 12/03/2019 08:03 por Henrique Fernandes
Sindalquim participa de Reunião do Cerest em Rio Preto

No encontro foi debatida a campanha “Abril Verde”Leia Mais

Postado: 27/02/2019 19:02 por Fequimfar
Sindalquim participa da entrega da pauta do Etanol e Farmacêutico na ÚNICA

Vice-presidente do Sindalquim, Wagner Quedas e o secretário geral, Ilson Martins, entregaram as pautas aos setores patronais, em São PauloLeia Mais

Postado: 24/02/2019 09:02 por Henrique Fernandes
Trabalhadores aprovam pauta de reivindicações do etanol

Entre os destaques da pré-pauta aprovada do etanol está o reajuste de 2% de aumento real + INPC/IBGE e manutenção de toda a redação das cláusulas sociais da categoriaLeia Mais

Postado: 17/02/2019 12:02 por Henrique Fernandes
Sindalquim faz assembleias a partir desta segunda-feira no setor do etanol

Entidade convoca os trabalhadores para discussão da pauta de reivindicações da categoria. Data-base é 1º de maioLeia Mais

Postado: 13/02/2019 16:02 por Fequimfar
Sindalquim participa da montagem da pauta do setor farmacêutico e etanol 2019/2020

Reunião, na cidade de Praia Grande, envolve todos os líderes dos sindicatos filiados a FequimfarLeia Mais

Postado: 11/02/2019 08:02 por Henrique Fernandes
ATENÇÃO TRABALHADORES

Químicos e farmacêuticos podem estar sendo enganados na homologaçãoLeia Mais

Cadastre seu email abaixo e receba mais informações:

Você gostou do novo site?

Sim
Não
Sem opção



  

Udop


  

CNTQ


  

Fequimfar


  

Unica

 
 Av. América, 364 Vila Diniz - CEP:15.013-310  São José Rio Preto-SPFone: (17) 3211.2550 Desenvolvido por Cdznet