Sindalquim entrega boletim para trabalhadores do Grupo Moreno

Sindalquim entrega boletim para trabalhadores do Grupo Moreno

A diretoria do Sindalquim está preparando um boletim para distribuir aos trabalhadores do Grupo Moreno sobre a situação do pagamento dos 14 dias trabalhados do ano passado que ainda não foram pagos. O Grupo Moreno requereu recuperação judicial no ano passado e deixou de pagar 14 dias trabalhados para cerca de 700 trabalhadores. Estão marcadas duas audiências em Ribeirão Preto, nos dias 23 e dia 30, de julho, que tratarão sobre o pagamento desses trabalhadores. O Sindalquim conseguiu procuração dos trabalhadores e vai representá-los nas audiências. “É de conhecimento de todos que o Grupo Moreno pediu recuperação judicial e deixou de pagar esses 14 dias aos trabalhadores. Vamos atrás para que seja cumprido o combinado e os trabalhadores sejam pagos. Vamos fazer o boletim e informar todos sobre a situação na próxima semana e após as audiências também”, afirmou o presidente do Sindalquim, João Pedro Alves Filho.

E em julho o Sindalquim deve lançar o seu aplicativo. O aplicativo já está em fase de testes e trará muitas novidades e benefícios para os trabalhadores. “Dentro do aplicativo teremos o nosso mascote que mostrará tudo o que o Sindicato está fazendo, os benefícios, convênios com faculdades e descontos que os associados terão em vários comércios. É mais um canal aberto com o trabalhador. Vamos iniciar também os envios nas listas de transmissões com novidades para todos os trabalhadores das nossas três categorias”.

Deixe um comentário